Alma Cigana

Uma marca existe em  minha alma
Traçadas em vidas antigas
E essa marca me faz cigana e me acalma
Sou mulher dos mistérios e das cantigas
Chama reluzente num mundo tão sem cor
Olhe-me nos olhos e prenda-se
Sou uma mulher comum que busca apenas o amor
Veja-me dançar e renda-se
Sou andarilha da estrada e do coração humano
Envolvido,sentirás a minha alma cigana
De espírito livre,solto,gitano
Venha sentir o que a  minha alma emana
Não tente tolhir a minha liberdade e me castrar
Uma cigana é pássaro  solto e presa nunca serei
Dançando,cantando,seduzindo com o olhar
Eu nem te mentirei,nem te enganarei
Mas se depois entre nós tudo mudar
Não é porque não te ame
É porque tenho alma cigana e não vou isso evitar
E desse amor nunca reclame

                               ( Fátima Guimarães )

Cigana vermelja