Saúde

A depressão e os músculos

A depressão e os músculos

Saúde
Drauzio Varella Que a prática de exercícios está associada à sensação de bem-estar, todos reconhecem. Nem por isso, nós nos sentimos motivados a incorporá-los à vida cotidiana, prática que exige esforço e disciplina.  Depois de caminhar, correr, nadar ou pedalar, entramos num estado de paz e tranquilidade mental, quase inacessível nos dias sedentários. Com os músculos exaustos, ficamos mais relaxados, otimistas e autoconfiantes. Embora essas sensações sejam conhecidas por qualquer pessoa que se disponha a caminhar alguns quilômetros, o mecanismo pelo qual a atividade física exerce influência sobre o cérebro, a ponto de alterar o humor e o estado de espírito, é mal conhecido. Um estudo recente publicado na revista Cell, por L. Agudelo e colaboradores do Instituto Karolinska, s
Como consumir goji berry, chia, chá de hibisco e outros alimentos que ajudam a emagrecer

Como consumir goji berry, chia, chá de hibisco e outros alimentos que ajudam a emagrecer

Saúde
Saiba a maneira correta de ingerir para que eles realmente ajudem na perda de peso POR BRUNA STUPPIELLO - PUBLICADO EM 15/04/2014  Alguns alimentos funcionais ganharam fama por auxiliarem na perda de peso e ainda possuírem uma série de nutrientes essenciais para a saúde. Porém, é preciso tomar cuidado ao consumi-los, pois algumas maneiras podem fazer com que o alimento não ofereça todas as substâncias benéficas que tem. A seguir, nutricionistas explicam qual é a maneira correta de ingerir o goji berry, o chá de hibisco, o chá verde, a linhaça, a chia, o gengibre, a canela, a pimenta, a quinoa, o café, o agar-agar e o gergelim. Confira: Goji berry Além de ajudar a emagrecer, o goji berry ainda ajuda a reduzir a celulite e melhora o sistema imunológicos, entre outros benefí
6 motivos para vc começar a lutar

6 motivos para vc começar a lutar

Saúde
Musculação, bike e localizada vão ter sempre público cativo na academia, mas, de uns tempos para cá, as mulheres estão aderindo golpes mais agressivos contra as gordurinhas e a favor de um corpo desenhado com aulas de boxe, muay thai, MMA e outras lutas. De fora, as atividades parecem truculentas e, apesar de renderem uma canela roxa às vezes, a ideia não é se machucar nem mostrar que é mais forte que a adversária. Emagrecer, relaxar e conquistar mais saúde é o que você lucra quando decide ir à luta. 1. Tchau, calorias "Em uma aula de boxe, em que você corre e pula corda para aquecer, salta e movimenta braços e tronco, gasta perto de 800 calorias", fala Fábio Grieco, professor da Reebok Sports Club, em São Paulo. Mas o resultado é ainda mais animador: um estudo da Universidade