Categorias
Uncategorized

Contador ganha novo status no Guia Salarial 2012-2013

Pesquisa mostra valorização de 15% a 20% para profissionais de finanças e contabilidade

Posições que antes não eram tidas como as mais requisitadas na área de Finanças e Contabilidade ficaram mais fortes e ganharam destaque neste último ano, é o que aponta o Guia Salarial 2012-2013 da Robert Half. Gerente Contábil, Contador, Gerente Fiscal e Diretor Financeiro foram os cargos mais demandados pelo segmento.

Com o bom momento da economia brasileira e todas as mudanças ocorridas na legislação nacional, as empresas precisaram trocar ou ampliar o quadro profissional para se adequarem. “Essa necessidade de adequação foi o principal motivo de essas posições terem sido as mais demandadas e disputadas pelo mercado” afirma Marcela Esteves, gerente da divisão de Finanças e Contabilidade da Robert Half. “Até então, a tesouraria era a ‘menina dos olhos’ da área financeira”, conclui.

Em média, os salários dos profissionais de contabilidade e finanças valorizaram de 15% a 20%. Os setores mais aquecidos com relação à demanda destes profissionais são o de construção civil, agronegócio, óleo e gás e bens de capital. “Apesar de essas áreas estarem mais aquecidas, a farmacêutica continua sendo a que paga melhor”, afirma Marcela. O contador com inglês fluente para a área fiscal é o cargo mais difícil de ser preenchido nas companhias, segundo a especialista. O piso salarial de um Coordenador Contábil, por exemplo, pode chegar a R$ 13 mil, dependendo do porte da empresa.

De acordo com o estudo, o mercado de Finanças e Contabilidade continuou aquecido, mas não tão latente como no ano passado, devido ao cenário econômico mundial. A fluência na língua inglesa ainda é um dos grandes desafios deste segmento, já que a maioria dos profissionais não a possui por ocuparem cargos considerados mais operacionais. Outra competência valorizada nos últimos dois anos é do profissional que saiba lidar tanto com a parte técnica como com a gestão de pessoas. “A diferença de um profissional para ‘o’ profissional está justamente na união dessas duas habilidades”, conclui Marcela.

 

 

Fonte: http://www.roberthalf.com.br/tendencias-para-a-area-de-financas-e-contabilidade