Categorias
Uncategorized

“Liberte-se”

Você evita muitas dores na sua vida. Mas evitando-as você não as destrói; elas vão se acumulando. Você continua engolindo as suas dores e elas permanecem no seu organismo. É por isso que o crescimento é doloroso; quando começa a crescer, quando decide crescer, você tem que encarar todas as dores que reprimiu. Não pode simplesmente contorná-las (Osho). Ninguém pode fugir de si mesmo. Podemos negar o que nos acontece, fingir que não está ali e viver como se nada estivesse acontecendo. Mesmo assim todas as dores estarão ali e irão se refletir: nas nossas atitudes, nas decisões que tomamos, na maneira como reagimos aos fatos. O medo de encarar as nossas sombras não ameniza seus efeitos, apenas faz com que elas controlem a nossa vida de maneira inconsciente.
Se encarar dói, é verdade. Mas é assim que a cura acontece. É preciso que as dores venham até a superfície da consciência para que possamos curá-las. Do contrário, estaremos inconscientemente sendo dominados por elas.
Muitas vezes sequer fazemos noção do quanto emoções estagnadas e traumas do passado ainda estão interferindo negativamente em nossas vidas.
É preciso ir a fundo, revirar o baú de nossas emoções, limpar o passado, perdoar pessoas, jogar fora as culpas, enfrentar os medos e reencontrar a nossa força. É quando escaramos as nossas escuridões internas que descobrimos a nossa luz e o poder que ela possui!

Alexandro Gruber