Categorias
Poesia

Não sou certinha

Não sou qualquer certinha, não sou um estereotipo de garota perfeitinha para namorar. Eu sei viver e sei que quando alguém gostar de mim vai ser pelo que eu sou e não por um modelo fútil sem suas próprias idéias e princípios. Tenho paciência e tempo suficiente para esperar.

Não sou qualquer amiga de todos, não concorro à miss simpatia nem sou adorada por unanimidade. As pessoas têm o direito de não gostar do meu jeito, mas às vezes gostam tanto que sentem inveja. O meu amor eu guardo para os mais especiais. Não sou qualquer uma politicamente correta.

 

 

Não sigo todas as regras da sociedade e às vezes ajo por impulso… Erro; admito, aprendo, ensino… Todos erram um dia: por descuido, inocência ou maldade. As pessoas julgam, eu julgo, mas só a mim. Não conheço ninguém tão bem a ponto de saber o que se passa em sua cabeça.

 

Não sou uma garota qualquer, tenho meus limites e respeito meus sentimentos. Não preciso de caras insignificantes para preencher um espaço vazio.

 

Não fico por carência ou só por diversão. Não namoro só para ter alguém do lado, mas sim para estar do lado de alguém.

 

Não sou qualquer ditadora, abro exceções, perdôo aos outros e a mim. Todos merecem uma segunda chance, mas nunca uma terceira. Mudo de opinião, mas não de princípios, quem me encontrar daqui a 10 anos conseguirá me reconhecer.

 

Não sou qualquer espectador… Me comovo, choro, sorrio! Quem nunca torceu pelo mocinho?? Quem nunca sonhou em ser a mocinha?

 

Não sou qualquer imbecil… Sei distinguir o certo do errado. Embora às vezes a tentação fale mais alto. Não sou o Diabo muito menos Deus… Enfim, não sou qualquer cópia, sou única… Sou alguém com personalidade!

 

Alguem que vale a pena conhecer!!!

Mensagem Postada 14/6/2008